quinta-feira, 19 de maio de 2011

Como trabalhar o preconceito em sala de aula - Sugestões

Sugerimos brincadeiras e jogos para trabalhar os vários tipos de preconceitos na Educação Infantil, para que a criança crie em si o respeito sobre o próximo, com espírito de igualdade e fraternidade. 

Nas series iniciais e Ensino Fundamental sugerimos historias e leituras, rodas de conversas e debates das leituras e textos trabalhados, atividades de escritas e pesquisas, sobre suas diversidades culturais: desde sua rica culinária às plantas medicinais, crenças religiosas, danças, esportes, e muitos outros temas que podem ser abordados pelas crianças através de pesquisas, em parceria da escola com a família.





Quem não sabe onde é o Sudão
saberá
A Nigéria o Gabão
Ruanda
Quem não sabe onde fica o Senegal,
A Tanzânia e a Namíbia,
Guiné Bissau
Todo o povo do Japão
Saberá

De onde veio o
Leão de Judá
Alemanha e Canadá
Saberão
Toda a gente da Bahia
sabe já
De onde vem a melodia
Do ijexá
o sol nasce todo dia
Vem de lá

Entre o Oriente e ocidente
Onde fica?
Qual a origem de gente?
Onde fica?
África fica no meio do mapa do mundo do
atlas da vida
Áfricas ficam na África que fica lá e aqui
África ficará

Basta atravessar o mar
pra chegar
Onde cresce o Baobá
pra saber
Da floresta de Oxalá
E malê
Do deserto de Alah
Do ilê
Banto mulçumanagô
Yorubá

Essa letra vem coma iniciativa de refletir sobre a influência da África na cultura local brasileira e mundial. Ela aborda vários aspectos referentes ao imaginário da cultura africana e a questão da diversidade e a cidadania, podem através dessa letra apresentar conteúdos sobre a diversidade dos ambientes naturais e culturais africanos e de outros povos brasileiros, e ainda podemos destacar a conscientização sobre o problema do racismo na nossa cultura.

PARA INICIAR ESTA AULA... podemos voltar à história do Brasil, logo após o descobrimento de Alvares Cabral...
Após os Portugueses, chegaram aqui os negros para trabalharem como escravos. Depois deles vieram Franceses, Espanhóis, Japoneses, pessoas de todos os cantos do mundo...
Vamos relembrar fatos que marcaram a História do Brasil: a escravidão, a Lei áurea, a liberdade da qual foi dada sem ter estrutura pra tanta gente sem emprego que ficou livre, mas sem ter onde morar e o que comer...
Será que isso mudou muito? Vamos pensar um pouco sobre isso...
De onde vieram os navios negreiros? 
Assim como também podemos fazer uma ponte com assuntos atuais como:
OBAMA “um negro no poder”?
As influências dos povos que compõem a população brasileira na alimentação, na cultura, nas crenças, nos esportes, nas músicas, nas novelas entre outros assuntos que também poderão ser abordados.


Lágrima Do Sul - Milton Nascimento

Reviver tudo o que sofreu
Porto de desesperança e lágrima
Dor de solidão
Reza pra teus orixás
Guarda o toque do tambor
Pra saudar tua beleza
Na volta da razão
Pele negra, quente e meiga
Teu corpo e o suor
Para a dança da alegria
E mil asas pra voar
Que haverão de vir um dia
E que chegue já, não demore, não
Hora de humanidade, de acordar
Continente e mais
A canção segue a pedir por ti

África, berço de meus pais
Ouço a voz de seu lamento
De multidão
Grade e escravidão
A vergonha dia a dia
E o vento do teu sul
É semente de outra história
Que já se repetiu
A aurora que esperamos
E o homem não sentiu
Que o fim dessa maldade
É o gás que gera o caos
É a marca da loucura
África, em nome de deus
Cala a boca desse mundo
E caminha, até nunca mais
A canção segue a torcer por nós

África tudo o que sofreu
Porto de desesperança e lágrima
Dor de solidão
Reza pra teus orixás
Guarda o toque do tambor
Pra saudar tua beleza
Na volta da razão
Pele negra, quente e meiga
Teu corpo e o suor
Para a dança da alegria
E mil asas pra voar
Que haverão de vir um dia
E África, em nome de Deus
Cala a boca desse mundo
E caminha, até nunca mais
A canção segue a torcer por nós 

A história do Brasil tem suas raízes do outro lado do atlântico, ou seja, a sociedade brasileira distingue-se por uma pluralidade étnica, sendo alvitre de um processo histórico que introduziu num mesmo cenário de grupos distintos portugueses, índios e negros de origem africana, hoje a sociedade brasileira vive circunstancia como o preconceito, evidenciando a difícil inclusão social dos negros e descendentes afros. Cabe aos educadores que estão na escola proporcionar condições para que o trabalho sobre a nossa cultura seja desenvolvido e assim elaborando conteúdos que trabalhe o convívio com a diversidade o respeito a suas culturas com atividades onde os alunos desenvolvam sua capacidade dialógica, tomam consciência de nossas próprias raízes históricas que ajudaram a construir a cultura e a formação da nação brasileira, Os educadores podem trabalhar temas complementares que trazem as temáticas de direitos humanos, principalmente aquelas que reconhecem e valorizem a historia e a cultura afro-brasileira, no intuito de fortalecer a identidade e direitos. 

 e ainda: A ONU institui 2011 como o ano dos afrodescendentes





Letra: Africa - Palavra Cantada 

Lágrima do Sul - Milton Nascimento




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário